Autoconhecimento

As “Sete mentiras do sucesso” por Anthony Robbins, fazem sentido para você?

Na última semana falamos rapidamente sobre crenças. Digo rapidamente porque é um assunto extremamente profundo, com inúmeras possibilidades.

 

Por serem hábitos psicológicos, mudam de pessoa para pessoa, e acabam se tornando a estratégia interior de cada indivíduo. Podemos entender mais ou menos assim: Pessoas diferentes, experiências diferentes, crenças diferentes e estratégias diferentes.

 

O fato é que as crenças não podem ser classificadas como verdades ou mentiras absolutas. Elas simplesmente fazem parte de nossas vidas e alteram nossos estados emocionais  e consequentemente nossos resultados, sejam elas limitantes ou possibilitadoras.

 

No livro “Poder sem limites” o autor Anthony Robbins, após estudar várias personalidades de sucesso, em diversos campos, identificou 7 crenças em comum nessas pessoas, que ele chama de “as sete mentiras do sucesso”.

 

Em um trecho do livro, o autor cita:

 

“A palavra “mentira” não significa “ser enganoso ou desonesto”. Antes, é uma maneira útil de nos lembrar que, não importa o quanto acreditemos num conceito, devemos ser abertos para outras possibilidades e contínuo aprendizado. Sugiro que olhe para estas sete crenças e decida se são úteis para si. Encontrei-as repetidas vezes em pessoas de sucesso que modelei. Para modelar excelência, temos de começar com os sistemas de crença da excelência. Descobri que estas sete crenças fortaleceram pessoas a usar, fazer mais, adotar maiores medidas e produzir maiores resultados. Não estou dizendo que são as únicas crenças úteis do sucesso. São um começo. Elas funcionaram para outros, e gostaria que visse se funcionam para você.”

 

Veja um resumo dessas sete crenças:

 

Crença 1: Tudo acontece por uma razão e um fim, e isso nos serve. Reconhecer  o potencial em uma situação e não o obstáculo. Acreditar que a adversidade nos faz crescer e prosperar, mesmo que naquele momento não consigamos entender como. É ver o copo meio cheio.

 

Crença 2: Não há essa coisa chamada fracasso. Há somente resultados. Acreditar que erros não são fracassos, e sim aprendizados, às vezes mais valiosos do que os acertos. As pessoas bem sucedidas usam as palavras “efeito” e “resultados”. Há feedback, há aprendizado a partir de uma experiência. Utiliza a metáfora do navio que corrige o curso para chegar ao destino.Quando conhecemos o que não dá mais certo, podemos mudar a estratégia.

 

Crença 3: Qualquer coisa que aconteça, assuma a responsabilidade. Ser responsável e saber responder aos fatos, e não terceirizar responsabilidades. Somos responsáveis por nossos erros e também por nossos acertos. Terceirizar a responsabilidade trás frustração e a sensação de que você não está no comando de sua própria vida.

 

Crença 4: Não é necessário entender tudo para ser capaz de usar tudo. Já ouviu aquela frase “feito é melhor do que perfeito”? Pessoas bem sucedidas captam a essência de uma situação, focam no que precisam e não se apegam ao resto. São boas em fazer distinção entre o que é necessário e o que não é.

Crença 5: As pessoas são os seus maiores recursos. Respeitar e apreciar as pessoas, independentemente de falhas e acertos são características de pessoas de sucesso. Ter senso de equipe, de comunidade. Não usam as pessoas, mas as tornam úteis, ou seja, “utilizam” as pessoas (e elas ficam felizes por se sentirem úteis)

Crença 6: Trabalho é prazer. Trabalhar com entusiasmo e prazer. Fazer com amor e com senso de propósito.

Crença 7: Não há sucesso permanente sem confiança. As pessoas de sucesso não são as mais brilhantes, mais ágeis, mais fortes ou melhores em suas áreas. Elas acreditam em seu potencial,  e por isso  se aprimoram, se superam.  Pessoas bem sucedidas estão dispostas ao autodesenvolvimento constante.

 

Essas crenças fazem sentido para você?

 

Para que essas e outras crenças possam ser absorvidas por sua mente e por sua alma, e muitas outras sejam ressignificadas, é importante que se faça uma reflexão, uma análise de si, e em seguida, que se inicie ou reinicie um trabalho de reconhecimento de seus pontos fortes e de todo potencial que há dentro de você. É necessário que haja AUTOCONFIANÇA para iniciar e bancar qualquer mudança significativa em sua vida, e consequentemente, o sucesso naquilo que você tanto almeja!

SEJA AUTOCONFIANTE, E VIVA UMA VIDA PLENA DE ABUNDÂNCIA!

O Céu é o limite.

Ariovaldo Ribeiro

Anterior Próximo

Você pode gostar também

Seja o primeiro a Comentar

Comente